Carregando conteúdos...Depende da sua ligação!

PROGRAMAÇÃO

31-07-2021

ÀMOSTRA | 5

Artes do Circo

Circo Contemporâneo

31 de julho, sábado, 19:30
Grande Auditório

Entrada: 4 euros
Estudantes, Cartão Quadrilátero Cultural e Seniores: 2 euros
M/ 6 anos
Duração: 90 minutos

Coprodução Instituto Nacional de Artes do Circo / Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão.
Apresentação do primeiro trabalho profissional dos Alunos Finalistas do Instituto Nacional de Artes do Circo.


Solo 1
Intérprete Criador(a): Clara Apunto deNieve
Título: Brilhante, Droga
Sinopse: Num dia comum, em um lugar qualquer, estás a fazer tranquilamente algo que realmente gostas e, de repente, soa o telemóvel.
A partir de um simples facto como este, inicia-se uma viagem através da qual, reflete-se sobre a dependência que temos da tecnologia e da informação, o que contribui para a construção de sociedades narcisistas, extremamente individualistas e facilmente manipuláveis. "A progressiva extinção da nossa capacidade para lembrar, paralela à proliferação da informação (...). Parecerá que estamos a buscar terminar com tudo o que tinha ainda vida no passado" - Austerlizt- W.G. Sebald
Foto: Clara Apunto deNieve

Solo 2
Intérprete Criador(a): Isaac Valle
Título: Side Ways
Sinopse: Uma viagem ao lado da imaginação em que o piloto é também um passageiro, onde a música ganha vida em cada superfície, acompanhada por um corpo em constante busca de equilíbrio. O mesmo equilíbrio que procuramos nestes tempos instáveis, levados a tomar estradas secundárias para continuar a sonhar viajando.

Solo 3
Intérprete Criador(a): Ella Szembek
Título: Tudo Bem?
Sinopse: Em um mundo feito de círculos de plástico, uma mulher recolhe fragmentos do chão e os reconstrói. Uma grande tempestade se anuncia, lançando-nos em um vasto oceano de emoções e caos. Quando estia e tudo seca, restam apenas pedaços partidos. A única coisa a fazer é recolhe-los e rearranja-los.
Essa é uma peça de circo contemporâneo, interpretada através do lógico do clown e da manipulação de hulahoops. A protagonista questiona a tendência que os humanos têm de ignorar a vulnerabilidade e violência em nós mesmos e também na sociedade. A crise existencial é uma necessidade para aprimorarmo-nos e o mundo ao nosso redor?

Solo 4
Intérprete Criador(a): Jannick Lüthi
Título: SISYPHUS
Sinopse: SISYPHUS é uma tentativa de mostrar como a nossa vida pode mudar se olharmos para ela de uma perspetiva diferente. Tenta desmascarar os comportamentos diários e tenta orientar o foco para aspetos e sensações invulgares. A lógica é confrontada com o absurdo e a realidade começa a deturpar.
Foto: Jannick Lüthi

handmade by brainhouse