Carregando conteúdos...Depende da sua ligação!

PROGRAMAÇÃO

19-10-2019

O REI LEÃO | versão portuguesa

Close-Up – Observatório de Cinema de Vila Nova de Famalicão | Episódio 4.0

Cinema

19 de outubro, sábado, 15:00
Grande Auditório

Entrada: 2 euros
Cartão quadrilátero, estudantes, seniores, associados de cineclubes: 1 euro
M/ 6 anos
Duração: 118 minutos

SESSÕES PARA FAMÍLIAS

Nas Terras Altas de África, o leão Mufasa reina com sabedoria e generosidade, conquistando o respeito do seu povo. Simba, o seu filho, crescerá e, a seu tempo, tomará o seu lugar, respeitando o equilíbrio entre todas as formas de vida. Tudo parece pacífico à exceção de Scar, o ressentido irmão de Mufasa, que sempre aspirou subir ao trono. Na sua obsessão de se tornar rei, Scar não olhará a meios para eliminar Mufasa e a sua cria para atingir os seus propósitos...

Depois do sucesso mundial de "Rei Leão", vencedor de dois Óscares em 1995, a Walt Disney Pictures e a Fairview Entertainment usam tecnologia de ponta para recriar a mesma história em versão "live-action". Regressa assim ao grande ecrã o destemido Simba que, com grande coragem e dignidade, reconquistou o trono do seu pai com a preciosa ajuda de Timon e Pumba, os seus dois grandes amigos.


Título original: The Lion King
Realização: Jon Favreau
Duração: 118 minutos
Origem: E.U.A.
Género: Aventura
Classificação Etária: M/ 6 anos
Ano: 2019


CLOSE-UP - Observatório de Cinema: o Tempo

4.º episódio, de 12 a 19 de outubro na Casa das Artes de Famalicão

Em vários espaços da Casa das Artes, o quarto episódio do Close-up – Observatório de Cinema, apresentará cerca de 40 sessões de cinema contemporâneo cruzadas com a história do Cinema, incluindo um passeio pelo Cinema Francês com dois protagonistas – Agnès Varda e Jean-Luc Godard, sob o mote do Tempo (o que passa e o tempo do Cinema), incluindo filmes-concerto em estreia pela Orquestra de Jazz de Matosinhos e pelos Mão Morta, filmes comentados por realizadores, jornalistas e académicos, sessões especiais e ante estreias, e um panorama em volta da obra de Eduardo Brito. Haverá também espaço para conversas, música e poesia no café-concerto e no foyer, e sessões para famílias e para escolas, com filmes, oficinas e uma masterclasse de Pedro Serrazina.





handmade by brainhouse